Quem não tem canal no Youtube está fora!

21 de janeiro de 2016

71 thoughts on “Quem não tem canal no Youtube está fora!

    1. Oi Jaciane!!! Que bom, ficamos felizes em saber que você está gostando dos nossos artigos.
      Sempre que tiver alguma dúvida ou sugestão é só enviar um e-mail ou deixar nos comentários.
      Beijos!

    1. Oi Aline! Muito obrigada por comentar, fico feliz que tenha gostado do post.
      Exatamente! Produzir conteúdo é algo que exige cuidado e atenção. Não adianta compartilhar coisas sem qualidade por aí.
      Beijos

  1. EXCELENTE, Hevelyn! Dica quentíssima!! Já vou aplicá-la nos próximos vídeos/posts!!!Não que o meu blog sirva “apenas” para divulgar o vídeo.. eu até escrevo mais coisas mas adorei a dica da complementação no exemplo da maquiagem de festa!
    Muito obrigada!!
    Beijos,
    Ana
    http://blogdaana.com.br

    1. Oiii Ana! Muito obrigada pelo comentário, que bom que gostou da dica!
      Experimenta sim produzir conteúdo para seus canais dessa forma: um complementando o outro. Assim o público fica curioso e acessa a outra rede para conferir mais informações sobre o que você falou.
      Beijos e muito sucesso!

  2. Muito pertinente esse tema, eu tenho blog desde os primórdios, entretanto, somente agora descobri o seguimento que eu me identifico, e agora me deparei com uma avalanche de ferramentas sociais virtuais, fico fascinada com a quantidade, mas, infelizmente acabamos nos perdendo em meio a conceitos e ideologias das mídias sociais, o blog assim como o jornal impresso ainda mantêm seus adeptos, e eu gostei muito da sugestão o CBBLOGGERS de como utilizar o blog e o canal… Ótimo post…

    1. Oi Alexs!! Poxa, muito obrigada pelo comentário. Ficamos felizes em saber que você gostou do tema.
      Apesar de ser um mundo realmente fascinante, as redes sociais são muito difíceis de acompanhar. Sou da seguinte ideia: tenha perfil onde você consegue dar atenção e atualizar com qualidade. Não adianta estar “presente” em todas, mas não se fazer presente em nenhuma.

      Beijos!

  3. Estou adorando as dicas, no entanto, devemos nos atentar que muitos leitores acessam no trabalho os blogs, o que deixam praticamente inviável ter que acessar um canal. Então acho que um complementa o outro. Sem falar que conheço blogueiras que fazem o maior sucesso no blog, mas no youtube não tem muito acesso.

    1. Oi Emanuella!! Obrigada por comentar. É verdade, não podemos excluir as opções! Devemos ficar atentas as mudanças e acompanhar o que gostarmos, mas sempre complementando e nunca substituindo. Beijos

    1. Oi Fernanda!! Que bom que gostou do post, muito obrigada por deixar o seu comentário.

      Então, se você não gosta de escrever no blog, não acredito que deva se obrigar a isso. Quando fazemos com prazer, sempre sai bem feito e atrai as pessoas automaticamente. Foque no que você se identifica! Vou me colocar como exemplo: AMO escrever o blog, e aprendi a gostar muito do Youtube. Mas não aderi ao Snapchat pois não acho que tenho perfil pra isso, apesar de saber que com essa decisão posso deixar de alcançar um número maior de pessoas. O que precisamos saber é que: o mundo digital está em constante mutação. Se a gente tiver essa consciência e fizermos as nossas escolhas de acordo com o que nos identificamos, tudo fica mais simples e agradável.

      Espero muito ter te ajudado.
      Beijo grande!

  4. Tenho Blog e Canal, costumo publicar vídeos no canal 2x na semana e realizo postagens diárias no meu Blog. Menciono os vídeos ocasionalmente, pois no layout do blog já tenho uma galeria dos últimos postados.
    Amei o post!

  5. Adorei o post! É bem verdade mesmo! Mas eu ainda acho que ter um blog depende do objetivo de cada um! Algumas pessoas começam com a simples vontade de escrever e outras querem ser famosas! haha Concordo que os bloggers devem pensar seriamente sobre o canal do Youtube, mas na blogosfera temos que tomar mais cuidado ainda com os objetivos errados! Ser centrado, saber o que quer e fazer por que gosta são alguns dos caminhos para que seu blog te faça feliz!

    1. Exatamente, Pati! A vida como um todo é assim: é preciso foco, ouvir nossos corações para não tomar nenhum caminho errado e se arrepender mais para frente. Obrigada por comentar! Beijos

  6. Oi genteeeeeee!!!!

    Eu tenho um blog há um ano e vários amigos já me falaram para fazer um canal, mas eis que surge o impasse: “tenho muita vontade, maaaaaaaaaaas… E a vergonha?”… Sei lá… Não sou nem de tirar fotos, imagina gravar um vídeo que “uma vez na rede, eternamente na rede”… Rs… Moooooooooooooorro de vergonha!!! Alguém mais aí com este mesmo dilema???
    Bjs e adoro o CBBlogers!!!!

    1. Oiiii Sayuri!!! Tudo bem???

      Menina, você está falando com a pessoa certa: EU MORRI de vergonha de gravar o meu primeiro vídeo. Acho que levei uns 6 meses para tomar coragem e fazer a primeira filmagem, mas editei e postei mesmo estando bastante tosco. Com o tempo você vai perdendo a timidez, vai ficando mais a vontade para falar com a câmera e até consegue enviar o link pros outros assistirem sem ficar com vergonha. Hoje eu criei gosto pelo Youtube, adoro quando eu sento para filmar! E gosto mais ainda quando vejo o resultado final do vídeo já no canal.

      Se isso é algo que vc tem muita vontade, e o que te impede é só a timidez: dê o primeiro passo, e depois a caminhada ficará muito mais fácil!

      Beijos e boa sorte!!

  7. Adorei o post e quero acompanhar os outros das série.
    Tenho um blog e escreve sobre maternidade e vida depois dos filhos, e hoje sinto uma grande necessidade de expandir para o meu conteúdo para o youtube, porém tenho um pouco de timidez, mais estou trabalhando nisso!
    Beijos Pessoal e tenham um excelente dia.

    1. Oiiii Jackeline!! Ficamos muito felizes em saber que gostou da série. Se você tem vontade de criar um canal, mas tem vergonha: tome a primeira atitude de gravar vídeos como teste. Grave e não publique, apenas para ir treinando e ver como você funciona de frente para a câmera. Quando achar que está preparada, é só fazer a versão oficial. Beijos e sucesso!

  8. Oi Hevelyn, muito bom este artigo, vocês poderiam dar mais algumas dicas para quem está começando, como um editor de vídeos por exemplo, porque eu acho que a dificuldade maior na minha opinião é editar os vídeos.
    E também como driblar a timidez que é o meu caso.
    Parabéns pelo seu trabalho, e obrigada por compartilhar seus conhecimentos.

  9. Os temas abordados aqui são incríveis, mas a maioria dos textos deixam a desejar em informações e dicas REALMENTE úteis se comparados com outros sites que também se dizem especialistas em blogs.

  10. Criei meu segundo blog recentemente, já não sou mais tão novinha e tenho percebido que o público (principalmente o jovem) realmente está preferindo ver os vídeos no Youtube do que ler.
    É uma pena… concordo que temos que nos atualizar com toda essa tecnologia, mas no auge dos meus 31 super indico ler, ler, ler e ler cada vez mais.

    1. Oi Shislaine! Concordo plenamente com você: ver vídeos é legal? Sim! Mas não podemos deixar de lado o hábito da leitura. E os blogs são uma ótima forma de estimular isso com um conteúdo de gostamos. Beijos e sucesso!

  11. Adorei! Já tinha pensado nissi, por isso decidi criar meu canal mas não penso em abandonar o blog pq prefiro escrever, ainda mais agora que consegui profissionalizar mais meu blog e ele está do jeitinho que sempre quis, porém, também estou adorando gravar vídeos então uma coisa complementa a outra sim.
    Esse tipo de post é muito bom oras bloggers iniciantes..bjus!
    Venham conhecer meu blog meninas!
    http://www.cachosdivos.com.br

    1. Oi Andy!!! Que felicidade ler o seu comentário e saber que gostou das dicas. Uma rede só tende a agregar e aumentar o nosso público se usarmos de uma forma inteligente. Ficamos felizes em saber que está caminha para o sucesso! Beijos

  12. Amei as dicas e realmente isso é muito importante. Sou Social Media por profissão e blogueira por amor. Tenho conseguido alcançar bons resultados no meu blog (que ainda é um bebê de 6 meses hahaha), graças às redes sociais. O ideal é criar conteúdo diversificado para cada rede, porque os públicos são diferentes e as plataformas também. Eu amo o facebook, mas nem sempre consigo atrair o público do Instagram com o mesmo conteúdo e padrão do facebook. A mesma coisa é o youtube, os seguidores precisam saber que em cada rede social, verá algo diferente e um pouco mais do blogueiro. Quero mais dessa série! PFV!! <3 <3

    1. Oiii Ster!! Que bom ler o seu comentário e saber que gostou do assunto. É realmente muito importante a gente entender que as pessoas que nos acompanham no Facebook são diferentes do Instagram, por exemplo. Essa semana teremos um novo post da série sim 😀
      E sempre que tiver sugestão de tema é só nos enviar por e-mail ou deixar nos comentários.
      Beijos e sucesso!

  13. Sempre penso nisso, mas ainda não me sinto a vontade para ter um canal.
    Tenho medo de ser mais do mesmo ou de ficar com muita vergonha.
    Sem dúvidas é um ponto que está nas minhas metas futuras para o blog.
    Adorei o post!

    1. Oi Thais!! Que bom saber que você gostou do post.
      Se você tem vontade de ter um canal, mas ainda não se sente preparada, comece a desenvolver sua fala diante das câmeras mesmo sem publicar os vídeos. Isso vai fazer bem pra você largar um pouco a timidez. Beijos!

  14. Super concordo, eu tenho uma canal e isso aconteceu comigo, porém sempre tive blog, mas quando eu divulgava o vídeo no blog, não tinha muito retorno, q quando eu divulgava em outros grupos, no no facebook mesmo, tinha muito mais retorno, e isso acontece até hoje, mas ainda tenho alguns leitores que acompanham os dois. Ótima dica de vocês!!!

    Beijos

    1. Oi Carol!! Muito obrigada por deixar o seu comentário.
      Adoramos o seu depoimento, compartilhando com a gente um pouco da sua experiência pessoal com esse assunto.
      Então hoje a melhor forma que você considera para divulgar os vídeos é o Facebook?
      Beijos!!

  15. Eu tenho um canal, mas sei que as pessoas querem ver super produções e edições e isso não tenho condições de fazer agora, e acho também que canal de blog no youtube apesar de ter crescido só recebem destaque na mídia aqueles que mais ostentam com marcas caras, os que viajam p fora do país ou no mínimo já tem mais de 5 anos de blog ou canal. É claro que gostaria muito de ganhar dinheiro com meu blog porem fico imaginando quantas blogueiras deixaram de ser autenticas e chatas só fazendo publicidade e postando algo que esta fora da realidade de muitos leitores, gosto de ter liberdade pra postar o que gosto e não o que me obrigam a postar. Entendo o ponto de vista desse post porem acredito que não seja regra para o sucesso.

    1. Oi Rita!! Fico feliz em ler sua opinião, mas não sei se você leu todo o post ou entendeu a mensagem que tentamos passar.
      Em nenhum momento foi dito que um canal no youtube é uma regra: criamos uma polêmica para atrair a atenção para um assunto sério, que é a importância de se manter sempre atualizada sobre o que acontece no mundo online.
      Beijos e sucesso!

  16. Olá! Já tinha parado pra pensar nisso sim. Foi para melhorar o conteúdo no meu blog que decidi criar um canal. Senti essa necessidade. Mas com certeza, com essas dicas, vou melhorar meus posts. Estava fazendo algumas coisas não tão certas e esse post me alertou. Obrigada! BjoO

  17. O que eu não concordo com essa questão é ficar refém de videos e acabar transformando sua vida uma extensão do Youtube. Acho que dá para criar conteúdo diversificado em todas as redes, mas tem gente que consegue dar boas dicas escrevendo e é massa. Mas tem gente que consegue ser carismático em video, mas na real? A maioria não é! Tem muita gente que começa à fazer vlog (e soma com snapchat e periscope) e não é original ou não tem um bom conteúdo.
    Se a blogueira não tem tanto carisma para vídeo ou não tem qualidade tecnica para gravação e edição (que requer muito trabalho) acho que, sinceramente, não vale investir agora em Youtube. Melhor construir sua imagem pessoal e depois partir para isso.

    1. Oi Vanessa! Obrigada por deixar o seu comentário, ficamos felizes que nossas ideias são bem semelhantes: já que defendemos a presença em redes sociais que cada um se identifica, e temos a certeza de que conteúdo diversificado em cada canal atrai e fideliza mais o público. Como disse no post: o importante é não se alienar, mantenha-se sempre atualizada com o que acontece na internet e quais as novas redes sociais que são tendência. Beijos!

  18. Eu sempre tento complementar o post que tem vídeo com alguma informação diferente, e vice-versa, para atrair o público para os mais diversos tipos de conteúdos que eu produzir! Basear o trabalho no Youtube é igual basear o trabalho no Instagram, nos famosos “instablogs”…e se uma hora ele cai, a pessoa tem que se construir em outros rede! Acho que o segredo é sempre ir acompanhando as tendências sem se fixar exclusivamente em uma rede social só!

    Beijos e tô adorando os conteúdos voltados para blogs!

    1. Oi Paula!! Exatamente, então você está fazendo da maneira ideal. É muito incerto largar tudo para apostar em apenas uma rede. O interessante é justamente se manter atualizado e saber de todas as tendências. Beijos!

    1. Oi Mayara! Que bom que gostou do post, obrigada por comentar.
      Bom estratégia! É importante se preparar para gravar vídeos, para não começar de qualquer jeito e espantar as pessoas. Beijos e boa sorte!

  19. Tenho perfil no youtube, porém ainda não postei vídeos, estou na dúvida de como dividir os assuntos do blog com youtube, mas quero muito produzir conteúdo bom para ambas as plataformas… Preciso me organizar e avaliar o que cada público quer ver em cada rede rs estou trabalhando para que meu blog/canal cresça em 2016 😉 Obg pelas dicas com esses posts para nos auxiliar.

  20. “Se o seu blog serve apenas para criar posts com os vídeos que você publica em seu canal, você está fazendo isso errado.” então tem muuuuuuita gente fazendo errado! Já me vi interessada em várias postagens que apareceram em meu painel do blogger e quando fui ler não tinha texto nenhum, só o vídeo. Me desanimo com esse tipo de coisa, porque adoro ler. Com essa profusão de youtubers, pensei até em abrir meu canal também, mas por ora acho melhor não. Na verdade há muito tempo eu queria postar no youtube, mas fui deixando de lado. Creio que se eu começar agora ficará a sensação de que estou apenas seguindo uma modinha, então prefiro esperar essa febre abaixar pra pensar melhor no assunto. Acho que as plataformas devem se complementar e não brigar entre si.

  21. Sou fã de alguns canais no YouTube porém as vezes não curto o blog ou sité do mesmo, e também sou fã de blogs que nunca procurei saber se tem canal no YouTube…coisas minhas!!!
    tudofica.blogpost.com

  22. UAAAAL , ESTAVA PENSANDO SOBRE ISSO HOJE *-*
    Estou de acordo totalmente com a matéria, de tempo em tempo, tudo se modifica e aperfeiçoa.
    Estou ainda numa fase construtiva do blog, e me dedicando ao instagram ,que ei acho uma ferramenta bem poderosa.
    Tenho um misto de medo&vontade para criar um canal do youtube. O problema é como fazer isso fluir naturalmente. Adoro assuntos de moda, mas também gosto de falar sobre assuntos em geral . Seria algo á trabalhar para encontrar um equilíbrio num possível canal . Obrigada por essa dica e empurrão,já que é pra frente que se anda xD

    http://www.maniademulherzinha.com.br

  23. Ual, eu achei esse post incrivelmente agregador. Eu nunca havia parado para pensar na forma como um complementa o outro, pensava totalmente o contrário. Que na verdade, ele transforma os dois em coisas totalmente opostas e irreconciliáveis. Mas, se souber trabalhar bem, fica incrivel a junção blog + canal no youtube. Muito válido! Beijos!

  24. Essa semana comecei a organizar pautas para postar os primeiro videos tutoriais para o meu blog. Em breve espero melhorar em muita coisa. Conheci o cbb hoje e estou devorando as dicas por aqui. Muito obrigada”

  25. Já tinha pensado nisso faz um tempo, está dificil ser apenas blogueira é preciso ser youtuber também… Ainda tem bastante gente que gosta de ler, mas a maioria gosta mais de assistir vídeos. Fora que muita gente (assim como eu) está abandonando a televisão pelo Youtube (inclusive alguns youtubers estão migrando para tv).
    O jeito é arrumar uma boa câmera se atualizar.
    Adorei as dicas, vou continuar juntando graninha pra câmera nova.

    https://garotasdejales.wordpress.com/

  26. Olá, tudo bem!

    Gostei do texto e isso é realmente uma coisa importante e que ao mesmo tempo me preocupada, pois meu blog é voltado para crônicas, poesias e tbm pretendo destinar um espaço para viagens. Assim, como eu poderia usar o youtube para divulgar as crônicas que escrevo?

    Tenho um canal no youtube, fiz algumas postagens de vídeos de viagens, mas com relação aos textos não saberia como trabalhar. O que acha?

    Parabéns pelo post.
    Grata.
    Tatiane.

  27. Concordo que os vídeos quando bem feitos, e quando complementam o conteúdo do blog, são uma boa ferramenta. Mas também penso que para gravar vídeos “esteticamente bonitos” é necessário um aparato tecnológico muito maior do que o de um blog. Afinal, hoje em dia você consegue tirar boas fotos com um bom celular. Mas gravar e editar vídeos o ” buraco é mais embaixo” como falamos aqui no nordeste hahaha
    É uma ideia futura, que penso em desenvolver mais a frente, quando o blog já tiver algum grupo de leitores mais robusto. No momento, em que acabei de começar, prefiro focar em um blog de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Me segue lá no Instagram

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

Log in as an administrator and view the Instagram Feed settings page for more details.